Atualidades !!!

Atualidades !!!

Atualidades !!! Veja AQUI o ABRA-PC Notícias no125 na versão em PDF. Veja AQUI o ABRA-PC...

Agenda dos próximos eventos

Agenda dos próximos eventos

AGENDA DOS PRÓXIMOS EVENTOS:   Data / Hora Local Evento   25 jan...

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR Em resposta ao artigo da Maria Boa das 1001 Noites...

XXIX Raduno dos Adelphis

XXIX Raduno dos Adelphis

XXIX Raduno dos Adelphis - 2017 Em uma confraternização que reuniu os integrantes do Esquadrão...

  • Atualidades !!!

    Atualidades !!!

  • Agenda dos próximos eventos

    Agenda dos próximos eventos

  • GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

    GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

  • XXIX Raduno dos Adelphis

    XXIX Raduno dos Adelphis

 

Esquadrão Pacau - 11 k Esquadrão Poker - 10k

ABRA-PC NOTÍCIAS
 

(Número 26 - Ano IV - Novembro de 2000)

 

 

  

MENSAGEM DA DIRETORIA

Há algo mais sublime para um Piloto de Caça do que falar da Caça, rever amigos e entoar nossas canções?

Pois o PICADINHO do "Chefe" NERO, mais uma vez, isso nos proporcionou.

Usufruímos preciosos momentos para, além da confraternização e do cantarolar, divagar (após "umas e outras") sobre esse algo etéreo, sublime e imaterial que é o nosso ESTADO de EPÍRITO, argamassa que une os nossos ideais e que sustenta o castelo de nossos sonhos profissionais. E, mais ainda: sobre a soldadura férrea de nossa vontade, que nos dá unicidade e mantém esse castelo imune às borrascas do tempo e, principalmente, aos homens.

Bem-vindo PICADINHO do Saudoso e Eterno Comandante NERO MOURA!

Através dele revigoramos o ESPÍRITO da CAÇA e reverenciamos a Liderança de nossos VETERANOS.

ADELFI para todos.

À la chasse!

Maj Brig Lauro Ney Menezes
Presidente da ABRA-PC

 


AGENDA

6 de novembro

Aniversário do 2o/5o GAv

10 de novembro

Aniversário do 3o/10o GAv

10 de novembro

Aniversário do 1o/10o GAv

15 de novembro

Proclamação da República

19 de novembro

Dia da Bandeira

 


NOVO ENDEREÇO

 Não esqueçam nosso novo endereço:

Praça Marechal Âncora 15-A (Prédio do INCAER)
Castelo - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20021-200
Tel: (Rio) 262-4304

(para ajudar a memorizar: 262 era o jato Messerschmitt e 4304 era um Gloster biplace)

Nosso expediente de secretaria é nas terças e quintas-feiras das 9:00h às 12:00h.

Nos demais horários deixe o seu recado "na eletrônica", ou transmita um fax. 


CHARGE (feita pelo Brig. Fortunato)

Guru Ruy & Sacristão Menezes - 27k 

 


BATE-BOLA

  

OBITUÁRIO

SABURO SAKAI

Oficial da Marinha Japonesa durante a 2a Guerra Mundial. Saburo Sakai em 1941 - 10kFez mais de 200 missões aéreas e abateu 64 aeronaves inimigas.

Em 1942 foi atingido em vôo e perdeu a visão de um dos olhos.

Voltou a ser instrutor de vôo em 1943 e combateu em IWO JIMA.

Efetuou missões de guerra até 2 semanas depois da Bomba Atômica em Hiroshima.

No livro "O Samurai do Céu" conta a sua epopéia.

Morreu de infarte em 22 de outubro de 2000 aos 84 anos.

  

ESCLARECIMENTO

"Li na última edição do jornal da Associação um texto que me é atribuído sobre o significado de ser um "Piloto de Caça".

Devo esclarecer isto melhor:

Depois de nove anos afastado da Caça, quando voltei para o 1o/4o em 81, encontrei esse texto redigido de uma forma bastante primária e enfatizando os supostos superpoderes dos Caçadores (creio que sua origem tenha sido a tradução de algo publicado numa daquelas revistas da USAF-TAC Attack, Interceptor, etc.).

No original existiam coisas do tipo "ele nunca erra, acerta tudo de primeira, etc, etc" que tornavam o diploma presunçoso e arrogante, fazendo-o impermeável a quem não fosse do ramo. Resolvi então ampliá-lo e reescrevê-lo com mais humildade de modo a realmente tentar transmitir uma mensagem de mais fácil assimilação pela "empresa" como um todo.

Fi-lo e o resultante é essa versão que foi publicada.

Peço-lhes esclarecer isso no próximo número antes que apareça o tradutor da versão primeira sugerindo que me haja apropriado do seu texto.

Um abraço

À la chasse!

Paulo José Pinto
(Cel.Av.R.R. - Caçador de 1961)

  

PICADINHO "JESUS ESTÁ CHAMANDO":

Com alegria e a "organização" de sempre, mais uma vez reuniram-se veteranos e jovens pilotos de caça, Jambocks efetivos e honorários, autoridades e convidados para mais uma confraternização anual em comemoração ao 6 de outubro (que este caiu no dia 14 de outubro).

Neste "Picadinho 2000", a ABRA-PC gostaria de destacar ainda a presença do Comandante da Aeronáutica e Jambock Honorário, Ten. Brig. Carlos de Almeida Baptista, que mais uma vez brindou-nos com suas palavras de incentivo.

Na ocasião, nos intervalos entre os discursos do Brig. Rui Moreira Lima, foram agraciados com Título de Jambock Honorário os seguintes companheiros:

  • Ten. Brig. LUIZ CARLOS DA SILVA BUENO
  • Arquiteto OSCAR NIEMEYER
  • Arquiteto LUIZ MARÇAL
  • Dr. RUDNEI DIAS DA CUNHA
  • Cel. Av. SÉRGIO CAMISÃO
  • Cel. Av. JORGE KERSUL FILHO
  • Cel. Av. ANTONIO CARLOS MORETTI BERMUDEZ
  • Cel. Av. CARLOS ALBERTO VIEIRA DE SOUZA
  • Cel. Av. EDUARDO SEBASTIÃO DE PAIVA VIDUAL
  • Cel Int. HERMANO ORLANDO COSTA SAMPAIO
  • Cel. Med. MÁRIO NASCIMENTO SARAIVA
  • Cel. Med. JÚLIO CÉSAR MALFINATO
  • Ten. Cel. Av. MÁRCIO BRIZOLLA JORDÃO
  • Ten. Cel Med. PAULO CESAR LOPES JIQUIRIÇÁ
  • Maj. Av. MARCELO BRAGANÇA STEENHAGEN
  • Cap. Av. ALEXANDRE DE MORAES FREIRE
  • Cap. Av. ROBERTH DE LEMOS
  • 1o Ten. Av. CARLOS ROBERTO RONCONI JÚNIOR
  • 1o Ten. Av. NELSON CHARLES RIBEIRO DE OLIVEIRA.

Ainda sobre o famigerado "Picadinho", gostaríamos de agradecer ao Cel. Kauffman pela sua "contribuição etílica" para a realização do evento (1 caixa de "scotch").

  

ERRATA (MAIS UMA )

Por um lapso de informática, deixamos de ressaltar a promoção a Cap.Av. do Caçador

MARCIAL ANTÔNIO MARQUES FERNANDES

Ao Cap. MARCIAL os nossos cumprimentos!

 DIRETORIA CULTURAL

Parabéns Caçador! - agora você tem um novo espaço no ABRA-PC Notícias - O espaço cultural - fórum livre para você caçador expor e colocar as suas idéias - vamos trocar conhecimentos - o hoje tem muito do ontem e o amanhã não poderá ter uma cara diferente do hoje.

A próxima mesa redonda será em abril de 2001 e o tema previsto é "O emprego do Poder Aéreo na Amazônia - um ensaio teórico ou uma realidade".

E tem mais - estão previstas três mesas redondas para o ano 2001 (Abr/Jul/Out).

Comandantes de Caça (atuais), a Diretoria Cultural estará agendando oportunamente uma apresentação nas suas Unidades Aéreas. - O tema será sobre o 1o Grupo de Aviação de Caça na Itália - data para 2001 a critério e em aberto - entraremos em contato "et à la chasse...bordel"!

Os caçadores que quiserem doar seus livros e documentos para um espaço de caça a ser cedido na biblioteca do MUSAL - entrem em contato com a Diretoria Cultural, que providenciaremos o recolhimento... as respectivas esposas vão adorar, sem dúvida e antecipadamente agradecem.

A LA CHASSE!


PARA REFLETIR...

30 ANOS DEPOIS...

O guerreiro parou cansado à beira da estrada. Contou as cruzes dos que haviam ficado pelo caminho. Relembrou-lhes os nomes:

- GASTALDONI, BARCELOS: preço do aprendizado;

- OLDEGARD, WALDYR, RITTMEISTER: a um passo do campo de batalha;

- CORDEIRO, MEDEIROS, AURÉLIO, SANTOS, DORNELLES: águias fulminadas em pleno ataque;

- LIMA MENDES, TORMIN, MENEZES: semeando a experiência;

- EUSTÓRGIO, ARMANDO, MORGADO, LARA: asas partidas;

- POUCINHAS, FERNANDÃO, SABROZA, PESSOA, LAVIGNE, FELINO, LIBRELLOTO, THOMAS, PRATES: o atrito inexorável do tempo...

Recordou suas próprias alegrias e decepções. Viu os companheiros vitoriosos e os companheiros vilipendiados. Sentiu a erosão de 30 anos no Grupo que um dia fôra sua irmandade e sua crença. E bradou dos céus a angústia que o sufocava:

Para quê?

Mas o grito reboou, sem eco e sem resposta, pelo território imenso, perdeu-se no troar das usinas e fábricas que ele vira nascer, afogou-se no turbilhão das cidades, gigantescas, diluiu-se no verdume das florestas recém-penetradas...

Um firmamento silencioso tornou a envolver o guerreiro cansado, a afogá-lo na pergunta irrespondida:

Para quê?

E a mente intranqüila buscou refúgio no tempo, nas barracas de Tarquínia, na esplanada da Torre Pendente...

Ouviu canções que saíam do clube na margem do ARNO, curtiu o frio das missões da madrugada, teve o peito contraído pelas saudades de casa, vibrou com o rugido selvagem dos motores, empolgou-se com o duelo entre flocos brancos a nascer do céu e cogumelos de fumaça produzidos na terra, mergulhou na esteira das traçantes e dos foguetes, regozijou no júbilo de cada dia conquistado à morte.

Voltou a viver o ano inesquecível da aventura e do companheirismo. Sentiu-se jovem o velho guerreiro. E, do grupo de jovens que passava, fez de novo a pergunta:

Para quê?

A resposta espontânea não chegou a surpreendê-lo, porque era a mesma que estivera dentro dele havia 30 anos:

Para quê?

Assim tinha sido: - Para o que vier! O ano inesquecível se justificava por si mesmo.

Levantou-se e seguiu adiante, ao encontro dos velhos companheiros - os vivos e os mortos.

Por uma noite estariam novamente juntos, guerreando nos céus da ITÁLIA, cantando nas noites poéticas de PISA. 

Seriam, de novo e para sempre, o 1o GRUPO DE CAÇA!

(Palavras do Cel. PERDIGÃO em outubro de 1976)