Atualidades !!!

Atualidades !!!

Atualidades !!! Veja AQUI o ABRA-PC Notícias no125 na versão em PDF. Veja AQUI o ABRA-PC...

Agenda dos próximos eventos

Agenda dos próximos eventos

AGENDA DOS PRÓXIMOS EVENTOS:   Data / Hora Local Evento   25 jan...

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR Em resposta ao artigo da Maria Boa das 1001 Noites...

XXIX Raduno dos Adelphis

XXIX Raduno dos Adelphis

XXIX Raduno dos Adelphis - 2017 Em uma confraternização que reuniu os integrantes do Esquadrão...

  • Atualidades !!!

    Atualidades !!!

  • Agenda dos próximos eventos

    Agenda dos próximos eventos

  • GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

    GLOSTER-METEOR vai se APOSENTAR

  • XXIX Raduno dos Adelphis

    XXIX Raduno dos Adelphis

Esquadrão Centauro - 12 k Esquadrão Pampa - 12k  

ABRA-PC NOTÍCIAS
 

(Número 24 - Ano IV - Julho de 2000)

 

 

MENSAGEM DA DIRETORIA

Destino: anos 2000

Abrimos nossa PC(1) e decolamos em 1995. Aceleramos, nariz alto. Reajustamos nossa subida e estamos iniciando o nivelamento, para o vôo em cruzeiro.

Destino: anos 2000

A vontade e a tenacidade no persistir em novos rumos se potencializa, na esperança de alcançar o melhor. E, independentemente dos céus, sejam fortunosos ou de borrasca, nossa Associação acelera, enfrentando, arrostando(2), crescendo. E vencendo.

Nossos requeimadores(3) estão acesos: o regime é alto. A velocidade cresce, somando as frações dos esforços de cada um, no velocímetro hipotético da ABRA-PC de nossos sonhos.

Mas, todo este planejamento de crescimento e de desenvolvimento ampara-se na qualidade dos nossos Diretores e Membros dos Conselhos e principalmente, Associados.

Esforços conjugados precisam ser aplicados na tarefa de aperfeiçoar, melhorar, desenvolver e consolidar. Novas programações de eventos serão implantadas, principalmente no campo de desenvolvimento cultural e profissional.

Sustentaremos nossas heranças, nossa história, nossos misteres e magia. O somatório de todos esses esforços, nos dará a energia necessária para a aceleração para o nosso vôo de cruzeiro, alto-subsônico.

A ABRA-PC 2000 deve ser uma Associação ajustada, não só à época mas, também, à adequabilidade que deve ter um empreendimento dessa natureza, nestes novos tempos.

Se a Aviação procura voar cada vez mais velozmente, as comunidades de nosso tipo necessitam ter sempre respostas em tempo real. Nosso vôo de cruzeiro tem que ser o mais veloz possível, para que acompanhemos o magnífico crescimento da Aviação que virá, com o transcurso do novo século.

Deixemos nossos requeimadores acesos, portanto, até que assumamos um impulso e uma formidável velocidade supersônica. Adicionaremos energias novas, com a mobilização de novos associados, para transpor a barreira do som.

Esta é a proposta para chegarmos à consolidação da ABRA-PC dos anos 2000!

Notas do Gerente do Sítio:
(1) PC = Pós-combustão - dispositivo existente nos motores à jato (normalmente dos aviões de caça), que permite requeimar os gases de escapamento criando assim um empuxo adicional (... e um aumento descomunal no consumo!)
(2) arrostando = olhando de frente, encarando sem medo, afrontando.
(3) requeimador = o mesmo que pós-combustão.


 

NOVO ENDEREÇO

Já estamos no novo endereço:

Praça Marechal Âncora 15-A
Castelo - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20021-200
Tel: (Rio) 262-4304

(para ajudar a memorizar: 262 era o jato Messerschmitt e 4304 era um Gloster biplace)

Nosso expediente de secretaria é nas terças e quintas-feiras das 9:00h às 12:00h.
Nos demais horários deixe o seu recado "na eletrônica", ou transmita um fax.

 


AGENDA

  

8 de julho:

Aniversário do 1o Grupo de Comunicações e Controle (GCC)

29 de julho:

Aniversário do 1o/4o Grupo de Aviação

 

21 de agosto:

Aniversário da Base Aérea de Canoas (BACO)

 

 


FALECIMENTOS

A Aviação de Caça está de luto pela irreparável perda, nos últimos 30 dias, de dois valorosos pilotos: Ten.Cel.Av. Luiz Augusto Lancia Cury (Centro Técnico Aeroespacial - CTA) e 2o Ten.Av. Alexandro Bosco Prado (1o/4o Grupo de Aviação).

A ABRA-PC lamenta profundamente e, em nome de todos os seus associados, dedica ao T.Cel. Lancia e ao Ten. Prado um sentido...

ADELFI!  

 


CABO AREINHA - 019B

Cb. Areinha - A ´ajuda`... - 25k

 


PARA REFLETIR...

FRANCA DÉCIMA

Aquele ataque da Esquadrilha Amarela a uma composição ferroviária em Castelfranco no dia 04 de fevereiro de 1945, não foi um dia de sorte para o Comandante da Esquadrilha, o Capitão Joel Miranda.

Seu Thunderbolt foi atingido pela artilharia antiaérea alemã logo após a recuperação do ataque rasante - a pouco mais do 300 metros do solo - o que causou um incêndio a bordo, obrigando-o a um salto a todo risco. Ao abandonar o avião, seu braço esquerdo ficou preso ao cordame do pára-quedas e, com o tranco da abertura, sofreu uma grave fratura na cabeça do úmero. Além disso e porque já estava muito baixo, ao tocar o chão com violência, teve a infelicidade de luxar o pé direito, o que lhe provocou quase a impossibilidade de andar.

Logo após foi acolhido por um grupo de "partizans(1)", onde se destacava uma jovem italiana de 18 anos de idade - Franca Décima - que assim foi descrita por ele:

"Era alourada de olhos azuis, estatura menor que a média e de aparência frágil...

Durante nossa palestra tive por Franca uma forte simpatia e creio que foi recíproca. Havia uma espontânea confiança mútua que me deixava com a sensação de segurança.

" Mapa do nordeste da Itália - 47kO estado de saúde do Joel piorava a cada dia. Quase não se podia locomover e a dor provocada pela fratura estava se tornando insuportável. No desespero, a moça dos olhos azuis resolveu levá-lo ao Hospital de Camposampiero, na ocasião dirigido pelos alemães. De parceria com as irmãs de caridade - enfermeiras - conseguiu que ele fosse atendido no hospital duas vezes. Na primeira, para uma avaliação de Raio-X e na segunda para uma intervenção cirúrgica.

Para que Joel fosse atendido clandestinamente, as freiras usaram de uma pequena tática - ofereceram um chá social aos diretores do hospital, com previsão de uma hora de duração - tempo suficiente para Joel tirar as chapas radiológicas na primeira vez e ser submetido à cirurgia de redução da fratura, com direito a uma anestesia por clorofórmio, na segunda ocasião.

Franca esteve sempre atenta às mudanças constantes de esconderijo do seu protegido. Usava constantemente casas de "partizans" seus amigos.

De modo geral era alojado nos sótãos ou nos estábulos. Certa vez escondeu Joel sob uma meda(2)de feno por mais de uma semana. Em sua própria casa ele ficou cerca de quartoze dias. Cap.Joel Miranda recebendo a ´Air Medal` - 22kAntes de Joel ser operado, Franca o alojou na casa de um companheiro, que morava a uns 800 metros do Hospital. O dono da casa resolveu matar um bezerro para melhorar a alimentação da família. Separou alguns quilos para seu consumo e tentou vender a outra parte no câmbio negro. Foi denunciado por alguém e a polícia fascista fez uma batida em sua casa. Sentindo que seria preso, tratou de fugir. Joel foi escondido, a tempo, na própria casa do dono do bezerro, num porão sob o piso da cozinha. Disse-nos ele que foram as piores 48 horas que viveu no lado de lá. Mais uma vez a fada madrinha o salvou.

Em resumo as peripécias, as aventuras e os perigos que ele viveu e suplantou, é justo que seja atestado, nesse momento histórico, que tudo se deve a essa brava mulher - a Professora Franca Décima - Catedrática da Universidade de Pádua, Paleontóloga de renome internacional, ex-Professora de Filosofia da Universidade de Údine e ex-Deputada em mais de uma legislatura na Itália.

Durante a 2a Guerra Mundial ela lutou, de armas na mão, com uma coragem invulgar, contra o názi-facismo, em defesa da democracia e das vidas dos soldados aliados fugitivos, sabendo que se descoberta colocaria em perigo a vida de toda sua família.

O 1o Grupo de Caça criou ao longo dos anos, o Quadro de "Jambock Honorário" Franca Décima ao receber a Comenda - 16kO título de "Jambock Honorário" é conferido criteriosamente a civil ou militar, piloto ou não, que haja comprovadamente:
1 - Procurado manter vivas as Tradições e a História de nossas Unidades que combateram na IIa Grande Guerra na Campanha da Itália . o "Senta a Pua!" do 1o Grupo de Aviação de Caça e o "Olho Nele!" da 1a Esquadrilha de Ligação e Observação;
2 - Demonstrado atenção, apreço e respeito pelos Veteranos que fizeram parte dessas Unidades.

(3)Professora Franca, a Comenda que ora lhe entregamos a inclui, como a primeira mulher, no Quadro dos "Jambocks Honorários".
Ela representa o reconhecimento dos veteranos do 1o Grupo de Aviação de Caça na Itália por tudo que a senhora fez, ajudando a salvar o nosso amigo e companheiro, hoje, Brigadeiro Joel Miranda...

Muito Obrigado !

Notas do Gerente do Sítio:
(1) Partizan = do italiano Partigiano que significa partidário (da causa contra o nazi-facismo...)
(2) meda = montão de molhos de feno sobrepostos de modo que formem aproximadamente um cone.
(3) Palavras dirigidas à Senhora Franca Décima, na solenidade em que foi agraciada com o título de "Jambock Honorári(a)".

 

Texto elaborado por:
Maj.Brig.R.R. Ruy Barboza Moreira Lima e
Maj.Brig.R.R. José Rebelo Meira de Vasconcelos
Jambocks Veteranos do 1o Gp.Av.Ca.