LETRA S

S = Oficiais do Estado-Maior do Esquadrão (Squadron).

S = consulte taxiar em "S".

S-2 = Oficial de Informações do Esquadrão "Squadron" (S-1: Oficial de Pessoal; S-3: Oficial de Operações; S-4: Oficial de Material).

saco = ou "voo de saco". Refere-se à pessoa que está voando sem pilotar e, normalmente, sem estar devidamente relacionada como um passageiro ou tripulante. O "voo de saco" é muito comum nos aviões de caça que têm duplo-comando (dois lugares).

safari = maneira de transferir "carga" em que várias pessoas ficam em linha, lado a lado, e uma entrega o pacote para a seguinte, e assim por diante, até o local de destino da carga.

safo = gíria que vem do verbo safar, ou escapar. Diz-se do piloto que tem iniciativa, esperto, vivo.

Saint Croix Sür Mer = (fran.) maneira sofisticada de se referir à Base Aérea de Santa Cruz. Literalmente seria: A Cidade de Santa Cruz à beira do mar...

"sair quente" = expressão que normalmente denota o abandono rápido de um avião da formação com a finalidade de atacar um alvo.

"sair visual" = sair do voo por instrumentos (dentro de nuvens) e passar a voar visualmente.

sala de brifim = local onde os componentes do voo se reúnem para "combinar" e planejar a missão.

salesmen = (ing.) vendedores "de aeronaves".

salseiro = desordem, confusão, reboliço.

Salut, bon ami: restez tranquille! = (fran.) Salve! bom amigo; descanse em paz! sounded like a 35 = o impacto foi parecido com o do canhão antiáereo de 35 milímetros de calibre.

sans peur = (fra.) sem medo, corajoso

"santaca" = gíria para se referir à Base Aérea de Santa Cruz (situada na Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro).

SAR = (ing.) "Search And Rescue" ou Busca e salvamento.

sargenteação = parte da estrutura administrativa de um esquadrão que trata do expediente burocrático. Esta denominação é originária do Exército Brasileiro. O seu chefe é denominado "sargenteante". Esta seção também se confunde com a denominação de "Ajudância".

SBAT = sigla de Sistema Bélico Ar-Terra. Refere-se ao conjunto de foguetes de propelente sólido (não guiados) com diâmetros de 70 e 127 milímetros fabricados no Brasil.

SBFZ = código estabelecido pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) que identifica uma localidade "aeronáutica" (aeródromo). As duas primeiras letras são para identificar o país (o Brasil tem reservados SB, SD, SI, SJ, SN, SS e SW). As duas letras seguintes se referem, realmente, ao aeródromo. No caso, FortaleZa.

SCOAM = Seção de Controle de Operações Aéreas Militares.

Schnaufer = Major Heinz-Wolfang Schnaufer (Luftwaffe - Força Aérea Alemã). Foi o terceiro e último comandante do Grupo NJG-4. Obteve 121 vitórias noturnas em 164 missões na 2a Guerra Mundial voando os caças bimotores Bf-110 e Ju-88. Embora seu posto oficial fosse de Major, o seu cargo operacional era equivalente a Tenente Coronel (Geschwaderkommodore ou Wing Commmander). Faleceu em 1950 em acidente com seu carro na Cidade de Bordeaux-França, com 27 anos de idade!

seeker = (ing.) "procurador, rastreador". Dispositivo existente nos mísseis destinado a procurar o alvo e fornecer informações deste para o dispositivo autodiretor.

Segundão = apelido do 2o/1o Grupo de Aviação de Caça, conhecido também como "Rompe Mato".

SELCAL = (ing.) "Selective Calling", chamada seletiva. Sistema que, através de comunicação rádio codificada em HF (alta frequência), permite alertar uma tripulação em voo para estabelecer contato rádio bilateral com algum órgão de controle (ou com a sua companhia). Com a utilização deste dispositivo, a tripulação pode desligar a audição do rádio HF e só religá-la quando necessário, ou se alertada por luz de aviso ou som característico de chamada do SELCAL. Cada aeronave indica, ao fazer o seu plano de voo, o seu código de chamada SELCAL (endereço) que consta de 4 letras.

seleção natural = maneira um pouco radical de se referir àqueles que perderam (ou perderão) a vida em acidentes cuja causa provável foi (ou será) creditada à falha no treinamento para um determinado tipo de voo ou pela incapacidade natural do piloto em realizá-lo com segurança.

Senta a Púa(1) = refere-se ao 1o Grupo de Aviação de Caça ou ao 1o Esquadrão desse Grupo.

Senta a Púa(2) = expressão utilizada nos anos 40 para expressar algo como: vá em frente! ataque! execute! Esta expressão foi utilizada como dístico para a confecção do emblema do 1o Grupo de Aviação de Caça no ano de 1944. "Púa" ou "Arco de Púa" é o nome de uma antiga ferramenta manual para furar madeira.

Seta = O Esquadrão SETA foi o Esquadrão que consolidou o retorno da formação de Pilotos de Caça para Natal (RN), com a transferência do E.S.P.C. para o CATRE, em 1975. Esse Esquadrão teve curta duração (1975 a 1977), passando então a formação dos Pilotos de Caça para o Esquadrão "Joker" (2o/5o G.Av.). Da "bolacha" do Esquadrão Seta é que se originou a insígnia dos Pilotos de Caça da FAB.

show off = (ing.) "mostrar-se", diz-se daquela pessoa que se exibe e que gosta de aparecer (ver pirotecnia).

SHP = (ing.) iniciais de "shaft horse-power" que significa a potência fornecida por um motor quando medida diretamente no seu eixo (livre de quaisquer outros acessórios a ele acoplados).

SIGA-ME = refere-se à viatura que direciona uma aeronave recém pousada em um aeródromo, conduzindo-a ao local de estacionamento. Normalmente essa aeronave não utiliza o aeródromo rotineiramente e não está familiarizada com os procedimentos locais. O nome "siga-me" (ou "follow me" em inglês) vem do letreiro que costuma ser afixado na trazeira da dita viatura (antigamente quase todas eram jipes).

SIMPIC = SIMPósio de Cultura Inútil da Caça. Reunião humorística de pilotos de caça nas quais são apresentadas ideias para desenvolvimento e fabricação de artefatos bélicos de extrema inovação e criatividade (bomba de naufrágio, bomba Jericó, bomborracha, bomba Moisés etc.).

síndrome da pobreza adquirida = autogozação que os militares fazem de si mesmos em função da constante preocupação em economizar ao máximo o dinheiro público (dinheiro da "viúva").

Silver Wing = (ing.) Asa de Prata. Refere-se ao "brevet" de piloto militar americano.

SILOMS = Sistema Integrado de Logística de Material e Serviços.

SISDABRA = SIStema de Defesa Aérea BRAsileiro.

sistema horário = maneira de se informar a direção relativa de um objeto. À semelhança de um mostrador de relógio, imagina-se que a frente do avião é o número 12, o lado direto o número 3, a parte de trás o número 6 e assim por diante. Por exemplo: quando um objeto está "às 9 horas" ele estará exatamente do nosso lado esquerdo...

slant range = (ing.) distância em linha reta entre a aeronave e o alvo no momento do disparo.

slot = (ing.) "abertura estreita", pequeno período de tempo alocado para uma aeronave decolar ou pousar em um aeródromo.

snaking, snake = (ing.)"cobra", gíria aeronáutica para denominar o movimento de oscilação lateral que ocorre em algumas aeronaves em situações especiais (instabilidade em torno do eixo vertical). O movimento lateral também é denomindado de guinada ou "yaw" em inglês. Para reduzir o "snaking" algumas aeronaves (com esta falha de projeto) tem um sistema amortecedor de guinada ou "yaw damper".

snorkel = (ale.) tubo utilizado pelos mergulhadores para respirar quando nadando na superfície. O nome correto é "respirador". Originalmente "snorkel" é o nome utilizado para designar os dispositivos que os submarinos usam para captar o ar para alimentar seus motores a combustão quando estão semisubmersos.

SOA = Sala de Operações Aéreas. Local onde são concentradas as informações sobre as missões operacionais em andamento e as solicitações de novas missões de um grupo ou esquadrão.

sob capota = consultar "IFR sob capota".

sob cautela = ao se retirar algum material (normalmente ferramenta) para utilização, é preenchida uma cautela (vale). Às vezes este artifício também é utilizado para se retirar soldados da cadeia e utilizá-los em algum serviço (para alegria dos "condenados"...).

Sol = refere-se ao Tenente Coronel Aviador Berthier Figueiredo Prates. Famoso Piloto da Força Aérea Brasileira que faleceu em acidente aéreo quando comandava o 1o Grupo de Aviação de Caça.

solar = voar sozinho, também significa voar pela primeira vez.

solo = "voo sozinho" ou voo feito sozinho pela primeira vez (expl. "- meu solo foi no dia 17 de novembro de 1959").

Sorbonne da Caça = alusão à famosa Universidade da Cidade de Sorbonne na França. O 1o/4o G.Av. era o local onde eram formados os pilotos de caça brasileiros. O Esquadrão ainda é conhecido por esse apelido.

sortida = usa-se para designar uma missão de caça. Consulte também "surtida".

souris = (fran.) um dispositivo colocado na entrada de ar dos motores para atenuar a onda de choque supersônica. Tem a forma similar a uma das partes de um cone, cortado longitudinalmente. Em inglês o nome é "shock cone".

SPC = refere-se ao Estágio de Seleção de Piloto de Caça , o mesmo que "ESPC".

speech = (ing.) preleção, discurso. Informações dadas pela tripulação de voo aos passageiros através do sistema de autofalantes da cabine.

split = (ing.) "partir", separar a esquadrilha.

stalag luft = (ale.) campo de prisioneiros de guerra da Força Aérea Alemã.

stall = consultar "estol".

stall de compressor = estol de compressor. O estágio de compressão do motor a jato sofre uma decontinuidade na admissão de ar e não envia ar (oxigênio) suficiente aos queimadores da mistura ar-combustível. Esta falta momentânea, e inesperada, de ar ocasiona o enriquecimento da mistura e o conseqeente apagamento do motor por afogamento.

stand = (ing.) consultar "estande".

steel-band = (ing.) "banda de aço". Orquestra de percussão que utiliza tonéis metálicos de combustível como tambores.

stick forward = (ing.) manche para frente, empurre o manche!

stick-back stall = (ing.) Estolar (deixar o avião perder a sustentação aerodinâmica), mantendo o comando do manche totalmente atrás.

stream = (ing.) consultar "trilhas de condensação".

striker = (ing.) "atacante". Aeronave designada para ser atacante em um exercício operacional. As outras podem ser "escolta", "inimigos" etc.

Subida 11 = os procedimentos para subida (por instrumentos) são padronizados, assim com os de descida. As subidas recebiam numerações, ao contrário das descidas que recebiam o nome das letras. Neste exemplo o número "11" poderia referir-se a uma subida partindo do Aeroporto do Galeão, onde existem mais de 11 (onze) procedimentos diferentes.

sujar = preparar (configurar) o avião para pouso. Abaixar o trem de pouso e/ou os flapes.

super-charger = (ing.) supercompressor, equipamento que comprime os gases a serem admitidos pelo motor (a explosão), permitindo maior eficiência na combustão e melhor funcionamento do motor nas grandes altitudes (ar rarefeito).

surubando = se complicando, se esforçando ou "enchendo o saco" de alguém.

surtida = decolagem de uma aeronave para executar missão contra o inimigo.

SVH = missão de Salvamento de Vidas Humanas.

Switlik = "Switlik Parachute Company". Fabricante americano de paraquedas (chegou a ter fábrica no Brasil).


 

Temos 21 visitantes e Nenhum membro online