LETRA G

G = símbolo de gravidade, medida de aceleração. Em aviação, refere-se às acelerações geradas pelas mudanças na direção de voo da aeronave. "Puxar G" é fazer curvas apertadas, gerando acelerações anormais. Essas acelerações são consideradas positivas quando a força resultante é de cima (cabeça) para baixo (pés) e negativa quando ao contrário. Na física, "1 G" corresponde a ± 9.81 metros por segundo ao quadrado (m/s2).

GAA = Guia Aéreo Avançado. Pessoa que se comunica com as aeronaves que vão fazer um ataque a alvo no solo e lhes dá "dicas" sobre este alvo. Consulte também CAA.

GAE = Grupo de Aviação Embarcada. Esta unidade da FAB foi criada em 1961 e operou com suas aeronaves de patrulha anti-submarina P-16A e P-16E (S-2A e S-2E Gruman-Tracker), a partir de 1965, no Navio Aeródromo Minas Gerais (A-11). Inicialmente a unidade era composta de dois esquadrões, o primeiro provido de aeronaves (P-16) e o segundo de helicópteros H-34 (Sikorsky). No ano de 1965 os helicópteros foram cedidos para a Marinha do Brasil. As operações de P-16 na FAB encerraram-se no dia 30 de dezembro de 1996.

Galeão = Base Aérea do Galeão (Rio), onde também está localizado o Aeroporto Internacional e por conseguinte (em tempo de paz) os aviões comerciais têm prioridade de operação.

Galland = ver "Adolf Galland".

galocha (1)= dispositivo feito de borracha e instalado no bordo de ataque das superfícies das asas, dos estabilizadores, da deriva ou das pás das hélices, com a finalidade de retirar, por quebra, o gelo porventura criado nessas superfícies durante o voo. A parte de borracha trabalha como uma bolsa que é enchida por ar comprimido pulsante. A deformação da borracha quebra o gelo e o solta da superfície. Conhecidos também por "boots".

galocha(2) = também usado para denominar os bifes à milanesa.

galão (gl) = refere-se à medida de volume americana "U.S. Gallon" que equivale a 3,7854 litros.

galão imperial = refere-se à medida de volume inglesa (Imperial Gallon) equivalente a 4,546 litros.

galego = diz-se do vendedor, pessoa ou empresa que fornece material bélico, suprimento, gêneros alimentícios etc. para as unidades militares. "Virar galego" também pode se referir ao militar que passa para a reserva e vai trabalhar em qualquer empresa civil.

garça = o mesmo que aeronave.

gate do PAR = (ing.) início (ou portão) do procedimento de descida usando o PAR (radar de precisão para aproximação e pouso).

gato(1) = carga não declarada, "contrabando".

gato(2) = fazer um concerto provisório e fora dos padrões da manutenção (se for coisa pequena também é chamado de "gatilho").

gaudério = termo, um pouco mais gozador, também usado para chamar os gaúchos (riograndenses do sul). Na realidade significa um sujeito meio "errante e vagabundo".

GAV, GAv ou G.Av. = Grupo de Aviação. A Força Aérea Brasileira distribui suas aeronaves em unidades denominadas de Grupos de Aviação. O Grupo é subdividido em Esquadrões (Esqd.) que por sua vez são subdivididos em Esquadrilhas (Esqda.).
Os Grupos e os Esquadrões são numerados ordinalmente, 1o, 2o etc. Para denominar um Esquadrão, primeiro colocamos o seu ordinal e depois, separado por uma barra, o ordinal do Grupo a que pertence. Por exemplo, o 3o/10o G.Av. se refere ao 3o Esquadrão do 10o Grupo de Aviação.
As exceções são o Grupo de Defesa Aérea que é denominado de GDA, o Grupo de Transporte Especial (GTE), o Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), os Esquadrões de Transporte Aéreo (ETA) e, por motivos históricos, o 1o Grupo de Aviação de Caça.
Historicamente (1947) os números dos Grupos de Aviação eram reservados para as Bases onde deveriam estar situados, da seguinte maneira:
  • Manaus (1o);
  • Belém (2o);
  • São Luis (3o);
  • Fortaleza (4o); 
  • Natal (5o); 
  • Recife (6o); 
  • Salvador (7o); 
  • Galeão (8o); 
  • Santa Cruz (9o); 
  • Cumbica (10o); 
  • Santos (11o); 
  • Curitiba (12o);
  • Florianópolis (13o); e 
  • Porto Alegre (14o).

GBOEX = sigla do plano de previdência privada denominado Grêmio Beneficente dos Oficiais do EXército.

GC = Grupo de Combate. Pequeno grupo de militares agindo separadamente de uma tropa.

GCI = (ing.) "Ground Control of Interception", controle de interceptação de solo.

GDA = Grupo de Defesa Aérea.

gênese, de nossa gênese = de nossa mesma origem.

giro pós-estol = fenômeno que ocorre após a perda de sustentação aerodinâmica do avião e o consequente início do famoso "parafuso".

giro precessionado = situação que ocorre quando se faz acrobacia sem travar os horizontes artificiais mecânicos (giroscópicos) que não foram projetados para tais "manobras". As indicações do instrumento ficam "malucas" após essas manobras.

Glass Cockpit = (ing.) Diz-se dos painéis de instrumentos da aeronave cuja maioria das informações são apresentadas ao(s) piloto(s) por telas (monitores) de cristal líquido (LCD), diodos emissores de luz (LED) etc.

Glemorange ou Glenmorangie = marca de "whisky" preferido do Brigadeiro Nero Moura (patrono da ABRA-PC).

Gloster Meteor = Caça a jato bimotor. Foi o primeiro tipo de avião a jato brasileiro. A FAB possuia dois modelos desse avião, o biposto (TF-7) e o monoposto (F-8). A palavra "gloster" se refere a uma das espécies de passarinhos da família dos canários originários da Inglaterra (nome científico "serinus canaria").

GM-4 = refere-se ao setor do Gabinete do Ministro que lida com assuntos relacionados com material aeronáutico (GM-1 seria o setor de pessoal; GM-2, o setor de informações e GM-3, o setor de operações). Atualmente, com a criação do Ministério da Defesa, a sigla usada é GC-4 (Gabinete do Comandante).

Gordo = apelido da avião de transporte Lockheed C-130 Hércules.

Goulart = refere-se ao Coronel Aviador Renato Goulart Pereira, veterano da 2a Guerra que participou de 93 missões e foi um dos comandantes do 2o/1o Gp.Av.Ca. Faleceu em 2 de maio de 2007.

GP = "Golpe de Publicidade", ato de se exibir com o intuito de impressionar a "platéia". Também conhecido como Garoto Propaganda.

GPS = (ing.) "Global Positioning System", Sistema de Posicionamento Global. Os receptores de GPS utilizam as informações recebidas dos satélites para detectar o tempo que as ondas eletromagnéticas vindas do satélite demoraram para chegar ao receptor. Em função destes tempos o receptor calcula a distância para o satélite. Sabendo-se a distância de 3 (três) ou mais satélites (triangulação) é possível determinar a posição na superfície terrestre.

GPU = (ing.) "Ground Power Unit". Dispositivo utilizado, normalmente, para fornecer energia "elétrica" durante a fase de partida do(s) motor(es) da aeronave. Na FAB é denominado de Unidade de Força Terrestre (UFT).

grande Ás = "Ás" é aquele que é muito bom em sua atividade.

Grande Circo = alusão ao livro do mesmo nome sobre combates aéreos na 2a Grande Guerra, escrito pelo famoso Piloto de Caça Pierre Closterman.

GSB = Grupo de Serviços de Base. Unidade responsável pela parte administrativa e de infra-estrutura de uma Base Aérea. Normalmente o seu comandante é o Sub-comandante da Base.

GTE = Grupo de Transporte Especial.

guarnecer = ir para os aviões, guarnecer seus postos.

guerra eletrônica = utilização de meios eletrônicos para atrapalhar as transmissões e/ou recepções de ondas eletromagnéticas dos equipamentos do inimigo.

guiagem terminal = sistema de navegação para ataque ao alvo.

gunits = Refere-se ao instrumento que mede acelerações "G" submetidas ao avião (acelerômetro). O nome "abrasileirado" provém da leitura da pintura escrita no limbo do instrumento, ou seja, "G UNITS" (unidades "G").


 

Temos 58 visitantes e Nenhum membro online