LETRA C

"C" = Os aviões P-47 (Thunderbolt) do 1o Grupo de Aviação de Caça na 2a Guerra Mundial tinham pintados no nariz (no anel de velocidade) a letra correspondente à esquadrilha que pertenciam ("A" = vermelha; "B"= amarela ; "C" = azul ; e "D"= verde), seguida de um número ordinal.

C2 ou C2 = Comando e Controle.

C4I = Comando, Comunicações, Computadores, Controle e Inteligência. Diz-se do Sistema integrado que engloba essas atividades.

C-45 "Expeditor" = avião leve de transporte militar, bimotor (Beech-bi) a explosão com trem de pouso convencional, fabricado pela empresa americana Beech. A FAB teve uma grande quantidade e várias versões desse tipo de avião (a última era com trem triciclo). Por levar dois pilotos e 5 (cinco) passageiros e pelos acidentes ocorridos com a versão inicial, recebeu o apelido meio macabro de "Mata-sete".

C-46 "Commando" = avião de transporte militar de carga bimotor a explosão trem de pouso convencional fabricado pela empresa americana Curtiss-Wright. A versão para a Marinha Americana tinha a designação "R-5C". A FAB teve 2 (dois) desses aviões que eram conhecidos como "Curtiss Commando".

C-47 "Skytrain" = avião de transporte militar bimotor a explosão trem de pouso convencional fabricado pela empresa americana Douglas. A versão para transporte comercial foi denominada de DC-3 "Dakota". Este avião ficou conhecido na FAB, simplesmente, como "Douglas".

C-54 "Skymaster" = avião de transporte militar quadrimotor a explosão, triciclo fabricado pela empresa Douglas. A versão para transporte comercial foi denominada de DC-4.

C-82 "Packet" = avião de transporte bi-motor convencional fabricado pela Empresa Fairchild. Sua característica era existência de duas pseudo-fuselagens laterais (booms) atrás dos motores e que serviam para suportar a cauda. A fuselagem principal (central) era similar a um vagão de trem.

C-115 "Bufalo" = avião de transporte militar bimotor turbo-hélice com capacidade de pouso e decolagem curtos fabricado pela empresa canadense De Havilland.

C-130 "Hércules" = avião quadri-motor turbo-hélice de transporte militar fabricado pela Empresa Lockheed. Conhecido também por "gordo".

Ca. = abreviatura de Caça. No início da criação do Ministério da Aeronáutica os Grupos da Aviação tinham a designação do tipo de seus aviões (Caça, Bombardeio Leve, etc.)

CAA = Controle (ou controlador) Aéreo Avançado, destacamento móvel de superfície com um Piloto de Caça, rádio-operador e motorista, utilizado para balizar, de terra, as missões de Apoio Aéreo Aproximado junto à Linha de Contato. O Controlador Aéreo Avançado orienta a(s) aeronave(s) para o ataque ao alvo.

CAB = Comissão Aeronáutica Brasileira (normalmente se refere à comissão situada em Washington - EUA).

CABE = Comissão Aeronáutica Brasileira na Europa (com sede em Londres - Inglaterra).

cabeceira da pista, cabeceira 04 = Início da pista de pouso cuja orientação geográfica é 040 graus.

cabide = dispositivo colocado externamente nas asas ou na fuselagem para servir de suporte para instalação de cargas externas (armamento, tanques de combustível, equipamentos, sensores etc.). Conhecido também por "porta-bombas" ou "pilone".

Cabo Areinha = consulte "Areinha".

cabrada = ato de subir - levantar a parte dianteira (nariz) do avião.

cabrar = levantar a parte da frente (nariz) do avião. Mudar a atitude de voo.

cabreiro = desconfiado

CABW = Comissão Aeronáutica Brasileira em Washington (EUA).

Cafona, Cafonice = gíria que significa "fora de moda", de "mau gosto", "ridículo" ou "antiquado".

cagalhofança = palavra criada pelo autor, deve ser a aglutinação de "cagalhoada" com "fudelança..."

call-out = (ing.) é o ato de um dos pilotos avisar (lembrar) que algum evento aconteceu (por exemplo: "- chegamos ao ponto de iniciar a descida").

Calunga = anotações com os dados de navegação e outras observações que são consultadas durante um voo (não é cola...). Essas anotações normalmente são afixadas na pequena prancheta que é amarrada em uma das coxas do piloto.

câmara anecóica = equipamento com paredes especialmente recobertas com material que absorve as ondas sonoras (ana = contrário; eco= reflexão de onda de som).

camofa = moça que sai com muitos rapazes, "galinha" (a origem do nome, na FAB, vem da Cidade de Barbacena - MG).

Campo da "Navy" = consultar "Navy".

CAN = Correio Aério Nacional

Canais tático, joca, controle e torre = se referem às frequências de comunicação rádio (canais) respectivamente para: comunicação entre aeronaves da mesma formação (tático); entre aeronaves e um controlador ou observador no solo (joca); entre aeronaves e o controle de tráfego de área e/ou aproximação (controle) e; entre aeronaves em aproximação para pouso e a torre de controle do aeródromo (torre).

canards = (fran.) pequenas asas colocadas na parte frontal das aeronaves (em francês significa "pato") . Tem o intuito de melhorar a performance em baixas velocidades.

Cancioneiro = Conjunto de paródias de músicas, às vezes pornográficas, muito cantadas pelos Pilotos de Caça.

Caneca de Chopp = O "manche" do avião Gloster TF-7, possuía uma espécie de alça parecida com a alça de uma caneca de chopp.

canibalização = termo usado em aeronáutica que significa retirar peças de uma aeronave em pane para usar suas partes como suprimento para outras. Acontece que a frequente utilização deste procedimento acaba condenando "à morte" a aeronave "doadora".

Canoas = Município do Rio Grande do Sul, próximo a Porto Alegre, onde está situada a Base que é sede do 1o/14o G.Av.

Canopy = (ing.) aportuguesado para canopi (oxítona), capota da cabine dos aviões de caça. A tradução correta deveria ser "copa", como as copas das árvores (plural em inglês é canopies).

capela(1) = casa que era utilizada como residência (república) pelos oficiais do 1o/14o G.Av. em Porto Alegre (RS) nos anos 50 e 60.

capela(2) = código rádio da Torre de Controle (TWR) da Academia da Força Aérea (AFA). Vem do nome da estrela Capella ou "alfa" da Constelação do Cocheiro (Aurigæ).

Capitão de Mar e Guerra = posto de oficial da Marinha do Brasil que equivale a Coronel no Exército e na Força Aérea.

carenagem = partes removíveis da cobertura externa das aeronaves. Normalmente só têm função de cobrir "aerodinamicamente" a estrutura interna e não são consideradas "estruturais" (sua falha não compromete e estrutura da aeronave).

Cariri = Zona do Cariri. Normalmente o pessoal da FAB usa o termo para referir-se ao Estado do Ceará.

carlinga = o mesmo que cabine ou nacele.

Carnaval em Veneza = Música popular cuja paródia se tornou uma marca registrada dos Veteranos do 1o Grupo de Caça na Itália.

carroceiro = como brincadeira se refere àquele que pilota avião de transporte ("carroça").

carro-pista = pequeno caminhão, tipo guincho, especializado em levantar e transportar bombas aeronáuticas.

cartão branco = Certificado de que o piloto cumpre as qualificações para voar por instrumentos. Este tipo de cartão não é mais adotado pela FAB.

cartão de V.I. = Cartão de Voo por Instrumentos. Consulte “cartão-branco” e “cartão-verde”.

cartão verde = Certificado de que o piloto cumpre as qualificações para voar por instrumentos sem quaisquer restrições de mínimos meteorológicos. Este tipo de cartão não é mais adotado pela FAB.

cartão restrito = Certificado de que o piloto está, teoricamente, apto para voar por instrumentos porém não tem a quantidade de horas de voo suficientes para tal. Este tipo de cartão não é mais adotado pela FAB.

casamento de impedância = termo tirado da eletrônica e que na gíria aeronáutica significa: "perfeito entrosamento".

cascorento = com a pintura descascada, repulsivo.

CASOF = CASsino dos OFiciais.

cassino = nome dado, pela Força Aérea, aos locais de descanso e divertimento dos militares dentro das bases aéreas (Cassino dos oficiais, dos sargentos e dos cabos e soldados).

casulo = recipiente para transporte dos mais variados equipamentos, armamentos ou mesmo carga convencional. São colocados externamente nas asas, na parte ventral ou nas laterais da fuselagem das aeronaves. Normalmente são fixados indiretamente através de adaptadores denominados "cabides" ou "pilones"

catorze = consulte "quatorze".

catrapo = pouso brusco. Diz-se também do ato de pousar em navio aeródromo (porta-aviões). Alguns utilizam a grafia "katrapo".

CATRE = Inicialmente significava Centro de Aplicações Táticas e Recompletamento de Equipagens (criado em 01/01/1974, desativado em 1989). Após passou a Comando Aéreo de TREinamento (criado em 05/12/1990, desativado em 01/01/2001). Unidade essa que ocupava as instalações da Base Aérea de Natal no Município de Parnamirim (RN). Hoje a Base é a sede da Primeira Força Aérea (FAE I).

CATTER = Comando Aerotático Terrestre.

catzo = (ita.) palavrão em italiano (pênis)

Cauby = refere-se ao Brig. Intendente Cauby de Paiva Guimarães Oficial intendente veterano da 2a Guerra como componente do efetivo do 1o Grupo de Caça na Itália.

cavalo-de-pau = manobra intencional ou involuntária (realizada na pista durante a corrida de pouso ou de decolagem) em que o avião roda, abruptamente, sobre uma das rodas do trem de pouso principal. Essa manobra, quando intencional, serve para perder rapidamente a velocidade em uma emergência.

CAVOK = código utilizado em meteorologia aeronáutica para designar que a visibilidade atmosférica está maior do que 10 km, que não existem nuvens abaixo de 1.500 metros e que não há turbulência nem trovoadas. Vem do inglês "Ceiling And Visibility OK", ou seja: teto e visibilidade "jóia"!

CBU = (ing.) "Cluster Bomb Unit", bomba de fragmentação ou bomba "cluster" é formada por uma grande quantidade de granadas (pequenas bombas) agrupadas dentro de uma armação maior em forma de uma enorme bomba. Ao ser lançada, essas "granadas" se espalham por uma grande área pouco antes de atingir o solo (superfície). Face à pouca carga de cada granada e a extensa área atingida, esta bomba é de efeito devastador para alvos frágeis (casebres, automóveis, aviões no solo e conjunto de pessoas). Muitos países baniram essas bombas de seu inventário.

C.C.A.T. = Centro de Controle AeroTático.

CCIP = (ing.) "Continuous Computed Impact Point" é o método moderno utilizado pelos visores computadores de tiro para informar ao piloto o momento ideal para acionar o lançamento da bomba para que a mesma atinja o "ponto" desejado de impacto.

CCRP = (ing.) "Continuous Computed Release Point" é o método moderno utilizado pelos visores computadores de tiro para soltar a bomba automaticamente, de modo que a mesma atinja o "ponto" planejado pelo piloto.

CDA = Comissão de Desportos da Aeronáutica.

CEOCA = Curso de Especialização Operacional de Aviação de CAça ministrado pelo 2o/5o Grupo de Aviação ("Joker").

CECOMSAER = CEntro de COMunicação Social da AERonáutica, substituiu o CEREPA (CEntro de RElações Públicas da Aeronáutica ).

celulóide = antigo material plástico transparente em cuja fabricação entravam celulose e cânfora.

centro de sustentação = ponto de aplicação da resultante das forças de sustentação "aerodinâmica" nos aviões.

cepar = estudar, receber aula (etimologia desconhecida).

cerebração = refere-se ao trabalho mental criativo (verbalização do substantivo cérebro)

CEREPA = consulte CECOMSAER.

cerrada = ver "formatura cerrada".

céu de brigadeiro = céu desprovido de nuvens. O termo vem da época um pouco mais moderna da aviação em que os novos oficiais aprendiam a fazer "voo por instrumentos", técnica que alguns oficiais mais antigos (já brigadeiros), não tiveram a oportunidade de aprender e portanto só pilotavam com "céu azul"!

C.G. = Centro de Gravidade - ponto de aplicação da resultante do peso da aeronave. Se suspensa por este ponto a aeronave permanecerá estável.

chamada das equipagens = início do brifim, quando o líder faz a chamada dos pilotos que integrarão a missão (e logo após faz o acerto dos relógios).

Chaff = (ing.) despistador radar. Equipamento que instalado nas aeronaves solta uma "nuvem" de pequenas folhas de metal muito finas que refletem as ondas emitidas pelo radar do inimigo causando-lhe uma falsa (e grande) imagem.

charmant parleur = (fra.) orador encantador.

chasseur = (fra.) caçador (piloto de caça).

Chateau = nome de guerra do instrutor francês do 2o/2o - Unidade de adaptação (transformação) ao Mirage e que esteve no Brasil dando instrução.

chave de galão = utilizar-se do posto (galão) para impor suas vontades.

chase = (ing.) consulte o termo "paquera".

checar 6 horas = olhar para atrás para ver se tem inimigo (usa-se as posições dos números do mostrador do relógio como referência - 12 horas é na frente...)

cheque cruzado = maneira do piloto verificar as indicações dos instrumentos e indicadores do painel de maneira a monitorar "tudo" que está ocorrendo com o avião. Esta verificação é repetida constantemente e com maior frequência quando em condições de voo por instrumentos (com má visibilidade externa).

cheque de olhos vendados = prova em que os pilotos, com os olhos vendados, têm que reconhecer todos os dispositivos e instrumentos da cabine do avião.

cheque-rádio = procedimento em que o líder solicita, pelo rádio, aos membros da esquadrilha que respondam à chamada, indicando assim, cada um, que está com seu equipamento rádio ligado, funcionando e sintonizado na frequência correta.

Chief Master Sargeant = (ing.) traduzido por Chefe dos Sargentos. A Força Aérea Americana tem cinco graduações de sargentos (Sargeant, Staff-Sargeant, Technical-Sargeant, Master-Sargeant e Chief Master-Sargeant). Na FAB só temos três graduações (Terceiro, Segundo e Primeiro). O mais aproximado seria chamá-lo de Sub-Oficial mais antigo.

chipado = (port-ing) com modernos equipamentos eletrônicos de aviação (aviônicos), cheios de circuitos integrados (chips).

chula = dança popular hispano americana.

CIAAR = Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica. Unidade que forma oficiais (homens e mulheres), adaptando bacharéis de várias especialidades às necessidades da Força Aérea.

Cidade da Caça = apelido dado à área que engloba as construções que abrigam o 1o Grupo de Aviação de Caça e o 1º/16º Grupo de Aviação na Base Aérea de Santa Cruz (RJ). As primeiras construções datam de 1975.

CIE = Cheio de Iniciativas Erradas. Diz-se daquele que, tentando ajudar, mas sendo ignorante no assunto, acaba atrapalhando ou agravando com sua "ação auxiliadora".

CIEAr = Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica. Localizado na Universidade da Força Aérea (UNIFA) no Rio de Janeiro, ministra grande quantidade de cursos e testes de seleção.

cigognes = (fran.) cegonhas, refere-se ao famoso Esquadrão de Caça 2o/2o, cujo emblema (bolacha) é uma cegonha. Consultar "Deux-Deux".

CINDACTA = Centro(s) INtegrado(s) de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo.

ciscar = normalmente "ciscar" é voar rasante, entre o solo e nuvens baixas, evitando entrar em voo por instrumentos (V.I.). Esse tipo de voo é causador de muitos acidentes, a maioria fatal. "Ciscar" também é voar rente a alguma coisa.

CISCEA = Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo.

CISM = Conselho Internacional do Esporte Militar com sede em Bruxelas na Bélgica ("Conseil International du Sport Militaire").

clareza cinco e intensidade cinco = diz-se do grau de qualidade das "comunicações rádio". Esses graus variam de um mínimo de 1 (um) até um máximo de 5 (cinco). As clarezas são: ininteligível, ruim, regular, boa e excelente. As intensidades são: perceptível, fraca, satisfatória, boa e ótima. Quando tudo está muito bem diz-se, simplesmente, "cinco por cinco ou, cinco barra (/) cinco!" (mesmo que não estejamos nos referindo às comunicações).

Clark Gable = apelido do Cel.Av. Jaime da Silveira PEIXOTO que era parecido com este famoso astro de cinema americano da década de 1950.

Closterman = consulte "Pierre Closterman".

Cluster bomb = (ing.) consultar "CBU".

CME = Contra Medidas Eletrônicas, equipamentos ou ações destinados a despistar ou contrapor as ações inimigas de ataque com armas guiadas eletronicamente ou a equipamentos de inteligência (espionagem) que utilizam meios eletrônicos.

CMFD = (ing.) "Color Multi-Function Display". Monitor colorido de multi-função.

CMMBEU = Comissão Militar Mista Brasil-Estados Unidos.

CNAV = "Carta de NAVegação", mapa especial para navegação aérea.

COA = Centro de Operações Aéreas de uma Base Aérea.

COAM = Controlador de Operações Aéreas Militares.

cobertura(1) = missão de emprego de unidade de Caça que consiste em "cobrir" determinada área do Teatro de Operações (T.O.) visando obter e manter a superioridade aérea momentânea no local.

cobertura(2) = refere-se às nuvens fechadas como se fosse um teto.

cobertura(3) = sinônimo de chapéu. As coberturas normais dos uniformes da FAB são: gorro sem pala (bibico), gorro com pala (bico de pato), quépi e capacete de campanha.

cobra (snake) = Manobra em que a aeronave levanta o nariz abruptamente até a vertical, continua o seu deslocamento sem ganhar altura e logo após baixa o nariz novamente voltando ao voo normal.

cobrinha = Formação em que os aviões ficam um atrás do outro e repetem as manobras do avião que está na frente (líder).

cobrinha radar = é a formação em que um avião vai atrás do outro, bem distante e fora do alcance visual, ou seja, a distância é mantida com o auxílio do radar.

cobrinha "show" = cobrinha é formatura em que um avião fica atrás do outro; "show" é quando eles ficam muito próximos (para impressionar a platéia).

coca-cola = palavra usada para definir um voo de pequena duração em um trajeto repetitivo. Normalmente utilizado com a finalidade de transporte de pessoas ou pequenas encomendas. O termo foi primeiramente utilizado na Base Aérea de Santa Cruz (BASC) para designar o voo de ida e volta para o Aeroporto Santos-Dumont (RJ).

coçado = feito de maneira suave qual um afago (verbo coçar), usado como na seguinte frase escrita pelo Brig. Magalhães-Motta: -"eu havia coçado um pouso “três pontos” na aterragem para ninguém botar defeito".

cockpit = (ing.) o mesmo que cabine.

Cocorote = Área ao sul da Base Aérea de Fortaleza onde estava instalado o Esquadrão e a Vila com as casas dos oficiais. Hoje é um bairro, seu nome deriva do inglês "cockroach" que significa o inseto comumente chamado de barata (ortóptero onívoro)...

coffee break = (ing.) intervalo para o café.

cofiando = passando a mão (alisando, afagando) os cabelo.

comandinho = antigo rádio de comunicações que utilizava ondas eletromagnéticas na faixa de alta-frequência (HF). A frequência mais comum para a transmissão dos aviões era a de 5.680 khz (cinco-meia-oito-zero).

COMAR = COMandos Aéreos Regionais. Antigamente eram denominados de "Zonas Aéreas". Os números dos "COMARES" correspondem às respectivas áreas geográficas de atuação:
1o Amapá, Pará e Maranhão;
2o Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia;
3o Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro;
4o São Paulo e Mato Grosso do Sul;
5o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul;
6o Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Mato Grosso;
7o Amazonas, Roraima, Acre e Rondônia.

COMARA = COMissão de Aeroportos da Região Amazônica. Órgão do Comando da Aeronáutica encarregado de construir (e operar) aeródromos na Região Amazônica brasileira.

COMAT = COMando Aero-Tático. Foi desativado e a maioria de suas unidades foram incorporadas, em 1991, à Terceira Força Aérea (FAE III)

Combate dissimilar = combate de um avião contra outro de diferentes características de desempenho.

combate individual = combate de um avião contra outro avião. Existem também os combates de elementos (dois contra dois) e os combates de esquadrilhas. O combate individual é comumente chamado em inglês de "dog-fight" (briga de cachorro).

combate de elemento = combate de dois aviões contra dois aviões (elementos).

Combongó = espécie de tijolo perfurado que permite a passagem do ar para refrigerar o ambiente. Normalmente são feitos de cimento, têm a espessura de uma parede porém são bem maiores do que os tijolos comuns. Têm o efeito similar ao da "cerâmica perfurada" nas paredes. Foi muito usado nas construções feitas pelos americanos nas bases aéreas do Nordeste.

COMDABRA = COMando de Defesa Aérea BRAsileiro.

compensador(es) = Dispositivo(s) que auxilia(m) os comandos de voo, suavizando (compensando) a força que os pilotos devem exercer nesses comandos (manche e/ou nos pedais).

compensador cabrado = compensador acionado de maneira a diminuir a força que o piloto deve fazer para comandar o levantamento da parte dianteira (nariz) do avião.

compressão = A potência desenvolvida pelos motores aeronáuticos, a explosão, é medida "indiretamente" pela pressão na admissão da mistura ar-combustível. Esta "compressão" é indicada ao piloto em unidades de polegadas (de mercúrio).

COMTA = COMando de Transporte Aéreo. Criado pelo Decreto nº 29.640, de 5 de junho de 1951. Desativado em 11 de março de 1993, sua estrutura e seus encargos foram absorvidos pela Quinta Força Aérea (FAE V). 

confa = "compressão" da palavra confusão.

conforme = expressão que significa que tudo está dentro dos padrões exigidos (este procedimento está conforme) dentro do requerido, de acordo, nos "trinques".

conglutinando = unindo.

Constellation = avião de transporte comercial quadrimotor a explosão fabricado pela empresa americana Lockheed (modelo L-649).

conta corrente = significa a quantidade de combustível ainda existe no avião (saldo).

Controlador Aéreo Avançado(1) = consultar "CAA".

Controlador Aéreo Avançado(2) = prova de gincana humorística em que um piloto tem os olhos vendados e usa um cinto que na parte de trás tem uma caneta pendurada por um barbante. Outro componente da equipe tem que dar instruções faladas de maneira que o primeiro consiga colocar a caneta na boca de uma garrafa (somente com jogo de cintura). A prova é dificultada um pouco pois, antes de iniciar-se, cada elemento tem que dar dez voltas em torno de si mesmo!

Controled Flight Into Terrain (CFIT) = (ing.) "Voo controlado contra o solo", é a maneira "moderna" de se dizer que o avião colidiu com o solo sem ter problemas estruturais ou de motor.

convencional = diz-se dos aviões equipados com motores a explosão (motor convencional) ou aviões com bequilha traseira (trem de pouso convencional).

Convergência = distância de convergência do armamento. Local para onde os canhões ou metralhadoras estão apontados de maneira a concentrar a grande quantidade de projéteis em um só ponto adiante da aeronave.

COPM = Centro de OPerações (Aéreas) Militares, local existente nos Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA) onde são vetoradas as aeronaves de defesa aérea.

copy = (ing.) ciente, entendido, "copiei" a mensagem. Palavra usada na comunicação rádio para se informar ao interlocutor que a mensagem foi entendida e/ou será cumprida.

Coriolis = Efeito Coriolis ou Força de Coriolis. Fenômeno que leva o nome do físico francês Gustave Gaspard Coriolis. Em resumo se trata da influência, da rotação de um sistema de referência, no movimento de um corpo que se encontra nesse sistema. O exemplo mais comum é o sentido de rotação da água (corpo) ao sair pelo ralo de uma pia (movimentar-se). A água no seu movimento sofre o efeito da rotação da Terra (sistema de referência). O sentido de rotação do "redemoinho" no ralo se modifica de um hemisfério da terra para o outro. Quando se está próximo ao Polo Norte a Terra gira da direita para a esquerda e para quem está próximo ao Polo Sul a Terra gira da esquerda para a direita, esta é a causa da diferença de rotação dos "redemoinhos"...

Corrêa Rocha = refere-se ao Comandante Fernando Corrêa Rocha veterano da 2a Guerra que participou de 75 missões (falecido em 1 de abril de 2008).

Corrêa Netto = refere-se ao Brig. do Ar Othon Corrêa Netto veterano da 2a Guerra que participou de 58 missões. Foi prisioneiro de Guerra após salto de pára-quedas em território inimigo (falecido em 17 de abril de 2008).

correção de pé = correção feita para contrariar o torque do avião, utilizando os pedais (paloniers) de comando de direção.

Coruja = código rádio da Torre de Controle da Base Aérea de Canoas

cortar o motor = desligar o motor, fazer o motor deixar de funcionar.

cowl-flap = (ing.) aletas instaladas próximas ao motor que, quando abertas, aumentam a sua refrigeração.

Cox = Hélio Carlos Cox - 6 missões de guerra, afastado do voo em 1944, por motivo de saúde. Quando vivo foi proprietário de um sofisticado restaurante (Chez Cox) na Cidade de Corrêas, RJ.

cozinha = gíria que se refere ao local mais afastado ou mais atrás (pior lugar), normalmente nos aviões e nos automóveis.

CPI = Curso de Padronização de Instrutor.

craca = tempo muito ruim e com muita chuva.

Crash-helmet = (ing.) Capacete anti-choque. Capacete de voo.

Crème de la crème = (fran.) creme dos cremes, pessoas da mais alta sociedade.

CRM = (ing.) "Crew Resources Management", gerenciamento das capacidades dos tripulantes. Metodologia empregada para treinamento de tripulantes de aeronaves no qual todos (pilotos, mecânicos de voo e comissários) têm participação e interagem, dentro de suas capacidades, na resolução de problemas relacionados com a segurança do voo.

Croix de Guerre avec Palme = Cruz de Guerra com Palma (França)

cross check = (ing.) é o ato de um piloto fazer a mesma verificação que já deve ter sido feita pelo outro (duplicidade de verificação).

cruzador = classe de navios de grandes proporções. Hoje praticamente não existem mais. Os últimos cruzadores que o Brasil teve foram o "Almte. Barrozo" e o "Almte.Tamandaré".

cruzar os bigodes = consultar "torcer os bigodes".

CRUZEX = EXercício CRUZeiro do Sul. Manobra (Operação) de treinamento de guerra feita pela 3a Força Aérea da FAB e da qual participam também forças aéreas de nações amigas (normalmente da América do Sul).

Cruz Jato = nome pelo qual era conhecido o procedimento de penetração feito especialmente para o Aeródromo de Santa Cruz. Seguindo esse procedimento as aeronaves a jato baixavam, em condições IFR, da altitude de 20.000 para 2.000 pés fazendo um procedimento de três "pernas" sobre o NDB de Santa Cruz. As pernas eram respectivamente nos rumos 325o, 145o e 210o. Tal procedimento também podia ser usado para efetuar a subida e então era denominado "Cruz Jato Inverso ".

C-SAR = (ing.) "Combat Search And Rescue", sistema de busca e salvamento durante o combate.

CTA = Centro Técnico Aeroespacial, subordinado ao Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica (DCTA), ambos localizados na Cidade de São José dos Campos (SP).

CTEx = Centro Tecnológico do Exército, localizado no Bairro de Guaratiba no Rio de Janeiro (RJ).

cubos de roda = denominação usual do que se pode chamar de "aro da roda", de "jante", ou mais precisamente: local onde se encaixa o eixo.

cucaracha = termo depreciativo para designar os latino-americanos (brasileiros inclusive). Em espanhol significa o inseto barata.

culote da munição de 20 mm = parte traseira do cartucho metálico que armazena o explosivo. No caso o projétil para este cartucho tem o diâmetro de 20 milímetros.

cum grano salis = (latim) com uma pitada de sal; com certa malícia.

cumulus nimbus = é muito conhecido pela sigla CB. Tipo de formação de nuvens de grandes proporções acompanhada por chuva, relâmpagos, trovões, granizo e colunas de ar com rotações violentas.

cupinchar = entrar em acordo, tornar-se amigo.

Curso walita = rapidíssimos e superficiais cursos que o famoso fabricante de eletrodomésticos "Walita" oferecia para que as donas de casa aprendessem a operar "corretamente" seus aparelhos. Na Caça, diz-se dos cursos realizados em pouco tempo para atingir determinada qualificação e/ou operacionalidade, e por esse motivo considerados como tendo resultado duvidoso.

curto combustível = o mesmo que "com pouco combustível".

curva de ruído = linha imaginária que delimita uma área geográfica dentro da qual o ruído (dos motores das aeronaves) excede a um determinado valor (decibéis).

curva do tatu = curva apertada durante o pilofe que pode ocasionar uma queda e o conseqüente buraco (de tatu) na cabeceira da pista.


 

Temos 59 visitantes e Nenhum membro online