CANCIONEIRO DA CAÇA 

"PILOTO DE CAÇA EM NATAL"

 

No carnaval de 1948, surgiu uma outra marcha que fez enorme sucesso. Foi o "Pirata da Perna de Pau" que foi logo adaptado e exalta a ação da FAB, no Teatro de Operações do Mediterrâneo, durante a IIa Guerra Mundial.

Outras versões do "Pirata" iriam surgir com o tempo. Com a ativação do 2o/5o G.Av., em Natal, em 1954, inúmeros caçadores de Santa Cruz partiram com destino ao Nordeste. Saíam do moderno Gloster F-8 e retornavam ao antigo P-47, sendo que alguns, oriundos do P-40 de Canoas, ainda teriam de solar o "Tijolo Quente".

E isso tudo, misturado, deu:


"PILOTO DE CAÇA EM NATAL"

Eu fui um Jambock, hoje sou um Pacau
Piloto de Caça aqui em Natal
Eu fui um Jambock, hoje sou um Pacau
Piloto de Caça aqui em Natal

Tudo pra frente
A 130 eu tiro o chão
Tijolo quente
Não é mais garça, é Avião!
Por isso Piloto de Caça
Tem que Ter fibra e Ter coração
Porque a parada é dura
Neste Esquadrão


 

 

Temos 26 visitantes e Nenhum membro online