CANCIONEIRO DA CAÇA

"TIRO AÉREO EM CANOAS"

Prosseguindo com nosso cancioneiro, apresentamos uma música que conta a história de uma esquadrilha de AT-26 Xavante do Esquadrão CENTAURO que realizava missão de tiro aéreo em Canoas. Tal esquadrilha era liderada por um piloto já no 2º ano como líder, sendo o #3 da mesma turma e dois alas novinhos que, ao retornarem da missão, solicitaram uma passagem baixa na pista 30 de Canoas.

Após definida a final para passagem o #2 constatou que estava aproado com a pista errada, ou melhor, com a pista do Aeroporto Salgado Filho que fica relativamente próxima da pista da Base Aérea de Canoas. Após avisar ao líder sobre este equívoco, a passagem ainda pode ser feita, em diagonal, na pista de Canoas.

O final da história já virou versão, não importando os fatos e, dessa forma, é retratada na letra a seguir feita pelo Penedo em cima da música "Fio de Cabelo" de Chitãozinho & Xororó.


 "TIRO AÉREO EM CANOAS"

Quando a gente voa
Qualquer pista serve para se pousar
Saí de Canoas
E fui para a área para atirar

Aqueles tirinhos
Que eu mandei pra ela não foram de fato
Bateram na água ou foram pro saco
Já era o presságio de um Caçador

Voltando
Com três novinhos e muita experiência
Para "Coruja"(1) logo dei ciência
Que na pista 30 baixo ia passar

"Coruja" mandou acusar quando na final
Mas a Torre P'Alegre entrou no canal
Sai do Salgado Filho, seu animal!!!

(1) - Coruja - Código-rádio da torre Canoas.


 

Temos 23 visitantes e Nenhum membro online